Fotógrafo recria grandes clássicos da fotografia com John Malkovich.

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  

“View from the window at Le Gras (Vista da janela em Le Gras)” e considerada oficialmente como a primeira fotografia da história e teria sido feita por Joseph Nicéphore, em 1826 ou 1827, da janela da sua casa na região de Burgundy (França), mais precisamente é a vista do galinheiro da casa, e demorou entre 8 e 12 horas para ser tirada.
De lá para muita coisa mudou, as tecnologias evoluíram de uma maneira sem precedentes na história e se antes eram necessárias horas de exposição e equipamentos enormes para tirar uma única imagem ( que diga-se de passagem não era possível fazer cópias de fotografias também ), hoje qualquer pessoa pode tirar uma foto numa fração de segundos de um aparelho celular.
Durante esse período muitas imagens tornaram-se conhecidas mundialmente, algumas por importância histórica, outras pela importância que a pessoa retratada teve.
Quem não se lembra, por exemplo, do “clássico” retrato de Arthur Sasse de Albert Einsten mostrando a língua e que acabou se tornando um ícone da cultura pop reproduzido por Andy Warhol mais tarde?
Há também aqueles ensaios que tornam-se conhecidos por reproduzir outros tipos de arte, caso do ensaio de Nick Stern, onde ele recria algumas das obras mais contundentes do Banksy usando modelos vivos. ( clique aqui para conferir este ensaio )
E foi inspirado na importância histórica da fatografia e pelo filme “Quero Ser John Malkovich” que Sandro Miller convidou seu amigo John Malkovich ( Sim! O próprio ) para estrelar um projeto que homenageia os grandes mestres das fotografia.
Intitulado ” Malkovich, Malkovich, Malkovich: Homenagem aos Mestres da Fotografia” o projeto reproduz grandes clássicos da fotografia com Malkovich como modelo e o resultado não poderia ser menos do que sensacional!
Algumas das imagens ficaram cômicas, caso da que Malkovich aparece caracterizado de Marily Monroe, e outras ficaram assustadoramente parecidas com a foto original, caso da imagem de Einstein citada aqui anteriormente, graças, sem dúvida nenhuma, não só ao talento de Miller, mas principalmente, do talento do ator.
Abaixo você confere algumas imagens desse belo e criativo ensaio e se quiser mais informações sobre este e outros trabalhos de Sandro Miller basta clicar aqui.

  • Albert Watson – Alfred Hitchcock com ganso (1973)

  • Andy Warhol – Auto retrato (1986)

  • Annie Leibovitz – John Lennon e Yoko Ono (1980)

  • Arthur Sasse – Albert Einstein com a língua pra fora (1951)

  • Bert Stern – Marilyn Monroe com rosas (1962)

  • David Bailey – Mick Jagger – “Capuz de pele” (1964)

  • Diane Arbus – Gêmeas idênticas, Roselle, New Jersey (1967)

  • Dorothea Lange – Mãe migrante, Nipomo, California (1936)

  • Yousuf Karsh- Ernest Hemingway-1957

  • Edward Sheriff Curtis – Três cavalos (1905)

  • Gordon Parks – American Gothic, Washington, D.C. (1942)

  • Herb Ritts – Jack Nicholson, Londres (1988)

  • Irving Penn – Pablo Picasso, Cannes, France (1957)

  • Philippe Halsman – Salvador Dalí (1954)

  • Victor Skrebneski – Bette Davis (1971)

Os comentários estão fechados