BGS, a maior feira de games da América Latina, chega a sua 10ª edição.

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  

De 11 a 15 de Outubro o Expo Center Norte recebe mais uma vez a Brasil Game Show, que este ano chega a sua 10ª edição e firme e forte na posição de maior e mais respeitada feira de Games da América Latina e uma das maiores do mundo.

Yoshinori Ono apresentação Laura na BGS 2015

E não é á toa que BGS alcançou esse ranking, nem o respeito de gamers do mundo todo e da industria de games, a cada ano a feira se supera em tamanho e em organização, sempre buscando não só novidades de games tecnológicos, mas também maneiras de aumentar a interação dos frequentadores entre si e desses com as atrações, as grandes fera do mundo do mercado que já passaram pela feira nessa sua primeira década de vida.
Um bom exemplo disso foi a apresentação na edição 2015 de Yoshinori One, do icônico Street Fighter, que chegou vestido de Blanka para apresentar, não só ao Brasil, mas para o mundo, a personagem Laura, que leva a bandeira brasileira nas cores e na inspiração, além de também dar o ponta pé inicial na etapa do campeonato de Street Fighter, que garantia a participação no campeonato mundial. De uma simpatia ímpar, Yoshinori causou tanto burburinho que nem mesmo o pessoal da própria Sony resistiu e acabaram tirando “N” selfies. ( Leia mais clicando aqui )
Nesta edição quem promete causar frisòn é o designer, roteirista, diretor e produtor de games Hideo Kojima, nada mais, nada menos que um dos grandes gênios da industria de jogos eletrônicos e o idealizador da série de jogos Metal Gear, uma das mais importantes de todos os tempos e que acaba de completar 30 anos. Hideo desembarca pela primeira vez no Brasil para alegria dos fã, e graças a BGS, será um dos convidados da área Cosplay Zone e participará de um meet & greet com os fãs, onde dará autógrafos e posará para fotos gratuitamente. 

Outra que promete causar alvoroço é Activision, responsável por jogos como Call of Duty: WWII, previsto para 3 de novembro em versões para PlayStation 4 e Xbox One, e Destiny 2, que chegou ao mercado em 6 de setembro para consoles e em 24 de outubro para PCs. Os dois títulos estarão disponíveis para serem jogados durante o evento.
Outra das gigantes confirmadas é a Ubisoft, com um stand de 500 m² e que apresentará novidades dos seus principais lançamentos, como Assassin’s Creed Origins e SoutPark: A Fenda que Abunda Força. Em declaração o diretor da América Latina, Bertrand Chaverot, fez a seguinte afirmação: “Vamos proporcionar aos visitantes da BGS a mais completa experiência no universo dos jogos da Ubisoft e esperamos que eles se divirtam ao máximo com nossos games, personagens favoritos e outras surpresas que revelaremos em breve”. Levando-se em conta que a Ubisoft é conhecida por ser um dos stands mais animados e concorridos, então podemos esperar realmente grandes surpresas.
Porém, nem só de consoles e games vivem os gamers. Com gráficos cada vez mais complexos um PC ou notebook de alto desempenho, capazes de suportar placas de vídeos condizentes com o jogos, também é fundamental.
E nesse quesito uma das marcas que mais têm se destacado é Acer, marca com que o público brasileiro ainda é pouco familiarizados, mas que é uma das mais importantes fabricantes de notebooks e PCs do mundo e que estará com stand no evento apresentando várias novidades, dentre as quais merece destaque a linha Predator. De linhas arrojadas e modernas, placa de vídeo poderosa até mesmo para os jogos mais pesados e de gráficos mais complexos, RAM de alto desempenho, dentre outras características, a linha Predator é capaz não só de satisfazer o público mais exigente, como é de deixar “babando” qualquer um que goste desse tipo de tecnologia.
Além de toda a parte tecnológica a a BGS também sempre conta com stands de livros e de fantoys colecionáveis com preços especiais durante o evento.
Para encerrar essa matéria vale tirar uma dúvida que possa pairar sobre a cabeça de quem ficou sabendo de um incidente ocorrido na última edição, onde a mãe de um rapaz de mobilidade reduzida fez uma reclamação sobre o treinamento do staff e a capacidade do evento em receber esse público em específico. A reclamação foi de que o rapaz ficou “esquecido” num dos pontos do evento, sem contar c a ajuda de ninguém do staff para ajuda-lo.
Quando fiquei sabendo do ocorrido confesso que me espantei porque desde a primeira edição que tive a oportunidade de comparecer uma das coisas que mais me chamou a atenção positivamente foi que eles contam com um staff grande de pessoas com mobilidade reduzida, inclusive na edição de 2016, logo nas catracas de entrada do evento, a primeira coisa que se destacava eram seis cadeirantes que estavam ali a disposição para dar informações sobre localização de stands, praça de alimentação, toilettes, etc.
Entrei em contato com as duas partes, por e-mail com a organização da Brasil Game Show e pelo post no Facebook da mãe do rapaz. Infelizmente a mãe nunca me respondeu. Quanto a organização da BGS me foi dada a seguinte resposta: ” Tomamos conhecimento do ocorrido com a Sra Márcia e seu filho, Murilo, fato levado para a organização somente após o término do evento, e lamentamos esta situação. Ficamos surpresos com o relato e, diante do nosso comprometimento e respeito a todos os visitantes da feira, já estamos em contato com os envolvidos, com o intuito de esclarecer e desfazer qualquer má impressão que tenha sido causada.
Restando cerca de duas horas para o fim do último dia do evento, o senhor João Silva Neto, que não é diretor da BGS mas, sim, diretor da J.A. Promoções de Vendas Ltda, empresa terceirizada contratada para a prestação de serviços operacionais no evento, atendeu a senhora Marcia, informou que o evento estava de acordo com todas as regulamentações e explicou que a “cadeira de rodas dos bombeiros não fora oferecida ao jovem Murilo, pois algumas deficiências exigem modelos específicos e o uso de uma cadeira inadequada poderia, inclusive, prejudica-lo”. No entanto, o diretor da J.A reconhece que faltou sensibilidade na condução dos fatos e concorda que, mesmo não previsto em lei, deveria ter oferecido uma das cadeiras dos postos médicos para que a própria mãe do Murilo avaliasse e decidisse se a mesma atenderia ou não ao seu filho.
Como forma de reparar este ruído de comunicação e entendendo a gravidade da situação, convidamos Murilo e sua mãe para visitarem a próxima edição da BGS como convidados VIP do evento, contando com todo o suporte da organização. Além disso, disponibilizaremos a partir de agora um grande número de cadeiras para os visitantes que necessitem das mesmas nas próximas edições do evento.”
A conclusão que cheguei sobre o assunto é que o ocorrido com o rapaz foi um infeliz caso a parte. Como disse anteriormente, há anos, praticamente desde a primeira edição, vou a BGS e sempre vi com alegria com a grande quantidade de integrantes do staff que são cadeirantes, dentre outras coisas, a própria estrutura do evento com seus corredores espaçosos, rampas bem sinalizadas e de fácil acesso, pois tenho alguns amigos com mobilidade reduzida e sei o quanto é raro um local estar preparado para receber esse público. E esse é mais um quesito na qual a BGS se destaca positivamente.
Bom, é isso e meu conselho é: quem tiver a oportunidade de ir não deixe de comparecer porque é diversão garantida.

Datas e horários: 11 de outubro às 15:00 a 15 de outubro às 21:00
Local: Expo Center Norte
Rua José Bernardo Pinto, 333, 02055-000 São Paulo
Informações gerais: www.brasilgameshow.com.br

Os comentários estão fechados